Início > Polícia > Polícia investiga desaparecimento de jovem que teria se afogado em MT

Polícia investiga desaparecimento de jovem que teria se afogado em MT

Do G1 MT
Os pais do jovem ainda acreditam que ele esteja vivo. (Foto: Divulgação / TVCA)
Um jovem de 19 anos está desaparecido há mais de três meses, após supostamente ter se afogado em um rio de Rondonópolis, a 218 quilômetros de Cuiabá. O incidente ocorreu no dia 26 de maio quando Igor Zambotti de Souza e mais dois amigos faziam uma trilha e o rapaz desapareceu.

O caso intriga a cidade e a família do rapaz, que não acredita na versão contada pelos amigos de que ele teria se afogado. Igor e outros jovens foram até a região da Gleba Carimã, a 60km de Rondonópolis e tomaram banho no Rio Ponte de Pedra.

Em depoimento à Polícia Civil, os amigos afirmaram que o rapaz morreu afogado quando tentava atravessar o rio. No entanto, até hoje o corpo da vítima não foi localizado. Para o pai do jovem, Frank Natal de Souza, não havia necessidade da travessia, já que existe uma ponte no local.

Frank ainda passou três dias acampado no local procurando pistas que pudessem ajudar a encontrar o filho e continua contestando a versão apresentada pelos rapazes que estavam com Igor. Porém, a família encontrou uma carta nos pertences de Igor: uma mensagem de despedida. “Pra ele escrever tudo que foi escrito nessa carta, só se alguém tivesse dito à ele que ele iria morrer. É uma carta se despedindo de mim, da mãe e da irmã”, disse. Apesar disso, a família não acredita que o filho poderia ter cometido suicídio.
saiba mais
Bombeiros procuram por jovem que desapareceu há 2 dias em rio de MT
Suspeito de matar morador de rua a pauladas é preso em Mato Grosso
Os pais descrevem Igor como um jovem tranquilo, gostava de ficar em casa e não apresentava sinais de depressão. “Ele era um menino estruturado e nunca teve problema com ninguém”, contou Eva Zambotti de Souza, mãe do jovem.

Investigação
Na delegacia municipal de Rondonópolis, o delegado responsável pelo caso, Henrique Meneguelo, afirmou que o caso é intrigante. “Trabalhamos com a hipótese de homicídio e suicídio até porque ele teria deixado uma carta de despedida, e também morte por afogamento. Nenhuma hipótese está descartada”, detalhou.

 De acordo com ele, os investigadores estiveram no local do afogamento três vezes. Além disso, uma nova busca na região será feita para tentar esclarecer o desaparecimento de Igor. A intenção, conforme Meneguelo, é fazer uma varredura minuciosa na região, com auxílio do Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Ambiental e Exército.Caso nenhuma pista for encontrada, o delegado disse que fará um novo interrogatório com os jovens que estiveram com Igor.

Anúncios
Categorias:Polícia
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: