Início > Estado > Índios liberam rodovias em MT após promessa de reunião com ministro

Índios liberam rodovias em MT após promessa de reunião com ministro

Fonte: Só Notícias/Weverton Correa

A Fundação Nacional do Índio (Funai), em Cuiabá, confirmou que o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a presidente nacional da fundação, Marta Maria Azevedo, e representantes da Advocacia-Geral da União devem receber, amanhã, uma comissão dos índios mato-grossenses que estavam bloqueando a BR-364, na Serra de São Vicente, e BR-174, em Comodoro. Devido a este princípio de acordo, a Polícia Rodoviária Federal informou, agora há pouco, ao Só Notícias, que os dois trechos das rodovias federais estão liberadas e, a princípio, não haverá mais a retomada dos bloqueios.

Ainda segundo a PRF, o tráfego nos dois locais que estavam bloqueados está muito lento. A estimativa é de que o congestionamento chegue a 30 quilômetros, tanto na BR-364 quanto na BR-174. No entanto, este número pode ser ainda maior, já que com a liberação, vários veículos que procuraram outros lugares para ficar, voltem para as rodovias federais para seguir viagem. A PRF recomenda cautela.

Conforme Só Notícias já informou, as duas rodovias foram liberadas hoje, por volta do meio dia. Havia a promessa de voltar a ser bloqueada a partir das 16h. Mas com a promessa da reunião com o ministro, ela foi descartada momentaneamente. Nada impede que os índios voltem a retomar os bloqueios em forma de protesto, que iniciou na segunda-feira e, desde então, as rodovias vem sendo liberadas de forma intercalada.

Os indígenas tentam pressionar o governo contra da portaria 303 da Advocacia Geral da União (AGU), de 16 de julho, que permite intervenções do governo e remarcações de terras indígenas. A mobilização é a nível nacional. O manifesto estava próximo de completar 80 horas.
O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis de Mato Grosso (Sindipetróleo) chegou a pontar que por conta dos bloqueios, já começava ser afetada a distribuição de combustíveis em Mato Grosso. Em nota, o sindicato explicava que os tanques de armazenagem das distribuidoras locais já estavam com os estoques reduzidos. Muitos caminhões e carretas estavam parados nas rodovias bloqueadas.

Na terça-feira, o congestionamento de veículos na BR-364, bloqueada por índios, entre Rondonópolis e Cuiabá chegou a atingir 90 quilômetros. O protesto tem causado grandes prejuízos para empresas além de transtornos para centenas de pessoas que precisam passar pela rodovia para compromissos diversos.

Anúncios
Categorias:Estado
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: