Início > MUNDO, Polícia > Trinta granadas e dez galões de gasolina são achados em apartamento de atirador nos EUA

Trinta granadas e dez galões de gasolina são achados em apartamento de atirador nos EUA

UOL

A polícia norte-americana encontrou no apartamento do atirador James Holmes mais de 30 granadas caseiras, além de dez galões de gasolina. A informação foi passada à “CNN” por um oficial que não teve o nome divulgado. Holmes atirou na última sexta-feira (20) contra a plateia que assistia ao último filme do “Batman”, na cidade de Aurora (EUA), matando 12 pessoas.

O material foi colocado no local estrategicamente para prejudicar ou, eventualmente, matar aqueles que tentassem entrar na residência. “Imagine a bola de fogo. Você teria uma explosão que iria derrubar a parede do apartamento”, disse o oficial. “A chama teria consumido todo o terceiro andar.”

As granadas foram conectadas a uma caixa de controle na cozinha, que os técnicos do esquadrão de bombas dos Estados Unidos desativaram com a ajuda de um robô de controle remoto, que esguichou água nos artefatos.

Um dos membros do esquadrão chegou a dizer que o explosivo parecia com os usados no Iraque e no Afeganistão, mas raramente nos Estados Unidos. A caixa de controle foi enviada para Quantico, na Virgínia (EUA), para análise forense no laboratório do FBI.

Mas a configuração parece ter sido “manipulada” para que o artefato fosse explodido, de acordo com o oficial. A “análise pós-explosão” irá determinar se ele teria funcionado.

Já a gasolina foi repartida em recipientes de vidro e latas de gás para “aumentar o efeito térmico da explosão”, disse o oficial.

No fim de semana, o chefe da Polícia de Aurora, Daniel Oates, disse aos repórteres que havia “indícios de algum cálculo e deliberação” no ataque.

Holmes recebeu entregas ao longo dos últimos quatro meses em sua casa e no endereço de trabalho, o que começa a explicar como ele pode ter obtido alguns dos materiais utilizados no ataque e os encontrados em seu apartamento, segundo informou Oates. “Holmes comprou munição para armas pela internet, e todas as armas e munição foram compradas de forma legal nos últimos meses”.

A Escola de Medicina da Universidade do Colorado, onde Holmes se inscreveu para o programa de doutorado em neurociência e que abandonou antes de concluir, vai investigar se ele recebeu algum dos artefatos usados no atentado enquanto trabalhava como assistente de pesquisa no campus.


Audiência 
Holmes compareceu diante da justiça na segunda-feira (23) e teve seu indiciamento marcado para o próximo dia 30. O jovem apareceu pela primeira vez em público ainda com os cabelos tingidos de laranja e permaneceu de cabeça baixa enquanto o juiz lia para ele os documentos judiciais.

Vestindo um macacão de preso de cor marrom, ele tinha uma fisionomia perdida e entristecida, pendendo a cabeça lentamente da direita para a esquerda. Em uma audiência que durou menos de 10 minutos, o juiz informou o suspeito de seus direitos.

Ele é acusado de ter matado 12 pessoas e de ter ferido 58 no cinema “Century 16” de Aurora, subúrbio de Denver, durante a concorrida estreia à meia-noite do filme “O Cavaleiro das Trevas ressurge”, último episódio da trilogia Batman.

Holmes foi preso sem opor resistência no estacionamento do cinema, acusado de ter disparado contra o público que assistia à estreia do filme. Depois de sua detenção, o suspeito foi colocado em isolamento para a sua própria proteção, indicou a polícia.

Vítimas
As autoridades de Denver divulgaram no sábado (21) os nomes e idades das vítimas do ataque ao cinema do bairro de Aurora. As idades dos mortos pelo atirador variam entre 6 e 51 anos.

Testemunhas dizem que o atirador – que usava roupas pretas e uma máscara – lançou uma bomba de gás antes de abrir fogo contra a multidão.

O agressor só não matou mais pessoas porque uma de suas armas travou, informou o jornal The Washington Post. Holmes usou um fuzil AR-15, uma escopeta Remington e uma pistola automática Glock. Seu arsenal incluía mais de 3.000 balas para fuzil, 3.000 para duas pistolas Glock e 300 para uma escopeta.

O ataque provocou reações em várias cidades dos EUA e do mundo. Em Paris, a estreia do filme em um cinema do Champs-Elysées, foi cancelada. Em Nova York, a polícia decidiu enviar oficiais a várias sessões do filme, temendo que o ataque fosse “copiado” por outras pessoas. Em Washington, o presidente dos EUA, Barack Obama, emitiu nota dizendo estar “chocado e entristecido” com o episódio.

Christopher Nolan, o diretor do filme Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge, expressou em comunicado divulgado na sexta-feira sua “profunda dor” pelo ataque em Aurora. “Em nome do elenco e da equipe de gravação de O Cavaleiro das Trevas Ressurge gostaria de demonstrar nossa profunda dor pela tragédia sem sentido que atingiu toda a comunidade de Aurora”, disse. “A sala de cinema é o meu lar, e é devastadora a ideia de que alguém possa violar esse lugar inocente e cheio de esperança de maneira tão insuportavelmente selvagem.”

Anúncios
Categorias:MUNDO, Polícia
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: